Se a segurança de um elevador depende da qualidade da manutenção que ele recebe, então o que o condomínio deve acompanhar para saber se seus elevadores estão recebendo uma manutenção adequada?

Primeiro, devemos começar pelo básico: em SC uma empresa de manutenção precisa possuir pelo menos alvará de funcionamento, autorização do corpo de bombeiros, registro no CREA indicando um responsável técnico e emitir uma ART para a manutenção dos elevadores. Parece simples, mas infelizmente há empresas que não preenchem estes requisitos mínimo.

Sendo assim, outro ponto relevante é a solidez financeira desta empresa, especialmente quando o condomínio decide fazer um investimento maior, como uma modernização ou instalação de novos equipamentos. É recomendável que o condomínio consulte o nome da empresa em organizações de proteção ao crédito e solicite certidões negativas de Débitos.

Isto pode evitar a frustração de pagar por algo que não vai ser entregue, ou que vai ser fornecido de forma inadequada, podendo até mesmo gerar riscos.

Como está o fundo do poço?

Durante a manutenção, é interessante pedir para o técnico mostrar o fundo do poço, a casa de máquinas e acima da cabine. Não deve haver sujeira acumulada, materiais jogados ou óleos derramados, pois estas situações podem causar falhas, desgaste prematuro e até mesmo acidentes.

É também importante acompanhar o funcionamento dos elevadores. Cada elevador possui um padrão habitual de movimento e de ruídos, então o condomínio deve comunicar imediatamente a empresa o sempre que algo incomum for percebido.

Fique alerta aos desníveis

Neste parágrafo o foco é que,o desnível entre a cabine do elevador e o piso do andar deve receber atenção especial, sendo a maior causa de acidentes com ferimentos (dados da European Lift Association). Qualquer desnível fora do normal deve ser comunicado imediatamente à empresa e, se houver riscos, o acesso ao elevador deve ser limitado até o devido ajuste.

Em conclusão, ‘uma boa manutenção começa com uma boa empresa, então pesquise a empresa que lhe atende, onde critérios jurídicos, técnicos e financeiros devem ser observados para evitar problemas. Além disso, o condomínio deve estar atento ao funcionamento de seus elevadores e comunicar imediatamente à empresa se algo sair do padrão usual.

O mais importante, em caso de dúvida ou necessidade especial, a Activity Elevators pode realizar uma análise da situação do seu elevador sem qualquer custo ou compromisso por parte do condomínio.

Beethowen Nepomuceno

Diretor e Responsável Técnico da Activity Elevators

Membro da Associação Internacional dos Engenheiros de Elevadores

Beethowen Nepomuceno

Acompanhe nossas redes sociais:

@condomeeting

@revistasoaquicondominios

Ver mais matérias condominiais: https://condomeeting.com.br/gestao-mais-humanizada-e-pacificadora/

Nossos vídeos no youtube condomeeting: https://condomeeting.com.br/saiba-como-fazer-a-desinfeccao-preventiva-das-areas-comuns-do-condominio/

Nossos vídeos no canal condtv.com.br – https://www.youtube.com/watch?v=TiSRB0fHLgo&t=129s

Veja Também esse Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=EK0JSxh1UcQ&t=757s

E mais: https://condomeeting.com.br/impacto-da-norma-inspecao-em-edificios/