Um dos maiores desafios de uma gestão que se inicia é quando você assume um condomínio sem caixa. Infelizmente muitos querem gerir, mais esquecem que um condomínio sem uma previsão orçamentária adequada, ou má administração, leva o mesmo a falência de suas contas e manutenções.

E quando um síndico profissional assume existem várias coisas a serem feitas. Muitas das vezes é difícil para os moradores entenderem a importância de ter um síndico profissional, sendo que o mesmo trabalha unicamente com isso e todos os dias busca conhecimento e formação adequada para uma boa gestão. E para uma boa gestão não podemos abrir mão de coisas como a segurança nas manutenções como por exemplo de hidrantes do corpo de bombeiros, extintores, elevadores e a estabilidade dos funcionários, etc.

São manutenções para a segurança de todos e para evitar prejuízos ainda maiores. Na vida em condomínio o importante é entender que “O síndico” é o responsável em zelar pela vida de todos e pelo bem material dos mesmos. Ser síndico não é apenas resolver conflitos diários como vazamentos, vizinhos, estacionamento etc.

Mas sim pensar que você está cuidando do bem de várias pessoas. Elas querem chegar em casa e ter a sensação de segurança. E cabe a nós colegas de profissão, darmos o nosso melhor, isso não apenas na profissão de síndico, mas em tudo o que você fizer. Mas o que eu posso fazer para colocar o meu condomínio em ordem?

Analise tudo que foi pago do mês anterior de suas manutenções e despesas, compare com sua previsão orçamentária, e se você descobrir que ela não cobre os gastos, convoque uma nova
assembleia, fale para todos os moradores a situação, faça uma revisão da taxa condominial de acordo com suas manutenções, descubra e corrija a causa do problema.

Se por acaso a previsão orçamentária cobre suas manutenções e o problema foi por um erro da antiga gestão, faça uma chamada de capital para cobrir todas as despesas em aberto, e daí para frente trabalhe com uma gestão honesta, transparente e participativa entre síndico, conselheiros e moradores.

Temos encontrado insatisfação de vários condôminos com as atitudes de alguns síndicos que vão desde sua maneira de gerir e agir, sem transparência, falta de diálogo, e ainda alguns se
acomodam e não fazem as melhorias necessárias.

Em contrapartida quando trabalhamos unidos, todos numa gestão única entre síndico, conselhos, condôminos e moradores, as coisas fluem, pois para você ter uma boa gestão precisa ter uma boa equipe. “Ser síndica é uma paixão, algo que faço com amor e
dedicação pois realmente trabalho no que gosto”.

Não seja um síndico apenas por que ninguém quis assumir esta função, mas se você pegar faça o seu melhor pelo condomínio, trabalhe em unidade, traga para próximo de você empresas que trabalhem com transparência e honestidade. Assim com certeza terá uma gestão bem sucedida.

Joice Honório

Síndica Profissional

Confira também: Portaria Remota – Da teoria às experiências práticas dos condomínios que souberam implantar

Veja mais: GESTÃO DE CRISE CONDOMINIAL

Clique aqui e assista as Entrevistas: Condomeeting TV