Como ficam os cuidados com as piscinas na quarentena?

ÓRGÃO REGULADOR NO COMBATE A DOENÇAS CONTAGIOSAS CONFIRMA QUE O USO DE PISCINAS E BANHEIRAS DE HIDROMASSAGEM NÃO TRAZ RISCOS DE CONTAMINAÇÃO DE COVID-19.

Logo de inicio tem que se considerar que para não trazer riscos de contaminação tanto na piscina quanto na banheira, a água deve estar devidamente tratada com cloro ou bromo. Sim, a água é um ambiente propício para a vida, e isso também inclui a vida de micro-organismos.

Porém, é possível evitar a proliferação desses agentes nocivos por meio do adequado tratamento da água, a fim de que ela esteja pura e saudável para toda a família.

De acordo com a Centers for disease Control and prevention (CDC – EUA), “a operação, manutenção e desinfecção adequadas de piscina e banheiras devem remover ou inativar o vírus que causa o covid-19”.

E em relatório publicado pelo Conselho Superior de Pesquisas Científicas da Espanha, afirma que a infecção pelo COVID-19 através do contato com a água em condições padrões para o banho é muito pouco provável. O relatório se baseia em previsões a partir do que se sabe do novo Corona vírus e na observação de outros agentes patogênicos semelhantes do que em evidências experimentais sólidas.

Mas por ser algo muito recente, a ação de produtos químicos necessita de estudos em vários aspectos, sobretudo no que tange concentração efetiva e tempo de contato (fator muito ignorado neste universo de tratamento de águas). Apesar disso, vale lembrar que a ação dos produtos clorados (largamente usados em piscinas), assim como diversas outras reações químicas, depende fundamentalmente de outros parâmetros da água da piscina.

 Em meios a tantos artigos recentes sobre o novo Corona vírus (COVID-19), o artigo intitulado “persistente of coronaviruses on inanimate surfaces and their inactivation with biocidal agents”, publicado no portal “virtual health library”, analisa o resultado de 22 estudos e aponta que o vírus pode ser eficientemente inativado utilizando procedimento de desinfecção de superfícies com álcool 62-71%, peróxido de hidrogênio 0,5% ou hipoclorito de sódio 0,1%, em apenas 1 minuto de contato.

 Ok, mas apenas saber que é seguro usar piscinas e banheiras quando tratadas não basta

É preciso saber tratar de forma correta, a fim de que a água esteja com seus níveis de cloro balanceados. Ou seja, não deixe de tratar sua piscina e conte com profissionais altamente capacitados para o tratamento.  

 Porque outros agentes também podem estar presentes na água não tratada e ter sucesso na sua proliferação. É o caso das larvas do mosquito Aedes Aegypti, responsável por transmitir aos humanos os vírus da dengue, zika e chikungunya. Mas com o ideal tratamento da água da piscina estes agentes também são eliminados como qualquer outro micro-organismo nocivo à saúde.

Em Santa Catarina, até o dia 13 de março de 2020, o número de casos de dengue já estava alarmante! Mais de 200 pacientes confirmados. Isto é, quase três vezes mais que no mesmo período do ano passado.

Com essas informações caso a piscina do seu condomínio seja liberada para uso, medidas de prevenção devem ser adotadas, como: 

  • Limite de pessoas no local;
  • Distanciamento social de pelo menos 1 metro;
  • Assepsia de cadeiras, mesas, corrimão, e acessórios que possam ser compartilhados;
  • Limpeza e assepsia da área envolta a piscina com uso de produtos clorados ou a base de amônia quaternária, produto que já vem sendo utilizado para assepsia das ruas e espaços públicos; 
  • Uso das duchas, se possível, utilizando sabonete individual para melhor higienização;
  • Uso de lava pés, que também deve receber tratamento químico.

 Essas são medidas preventivas, que REDUZEM o potencial de contaminação, porém, não o ELIMINA principalmente em espaços com decks e vestiários. A água não é o meio ideal para o Corona vírus, mas as aglomerações dentro e ao redor dela são.

                Se você não faz parte do grupo de risco, ao menos uma pessoa do seu círculo social faz, não falamos apenas de idosos de pessoas com doenças autoimunes, diabetes, asma, HIV, hipertensão, doença renal crônica, cardiopatas, transplantados, gestantes, também estão na lista!  Uma coisa é certa, tenha muita cautela, higienize suas mãos com frequência e evite contato físico. Que todos possamos passar por este momento fortalecidos. Sozinhos, não somos nada, portanto, cuidemos de todos, cuidando de nós.

Aline Klas – Engenheira Química

Contato: SA Engenheiras – 47 98818.7257 – alineklas@hotmail.com

Acompanhe os projetos, vídeos e eventos no Instagram: @condomeeting

Siga a Revista Só Aqui Condomínios no Instagram: @revistasoaquicondominios

Veja nosso https://www.facebook.com/revistasoaquicondominios/ e https://www.facebook.com/condomeeting/

Confira outras matérias: https://condomeeting.com.br/

Leia ainda: https://condomeeting.com.br/e-os-custos-fixos-do-condominio/

Acesse outro vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=s-0K1mhTdUM

ver mais matérias condominiais:https://www.egonoticias.com/economia-e-negocios/condominios/

Mais: https://condomeeting.com.br/inspecoes-estruturais/