No dia a dia condominial, é comum ue ocorram desavenças por conta de problemas de convivência. Quando o assunto é barulho então, isso se agrava. Entenda quais os limites, e o que dizem especialistas sobre o tema.